jovem congolês morre misteriosamente no aeroporto 4 de fevereiro, o caso do jovem matondo


Cidadão congolês morre misteriosamente no Aeroporto 4 de fevereiro em Angola Acredito eu que você não ouviu falar sobre esta informação porque realmente esta informação não foi mesmo partilhada em nenhum meio de comunicação Nacional, o porquê você vai intender porque esta informação pode colocar em cheque atuação da nossa polícia Nacional

Meu Site:
✅ Instagram:

✅ Facebook:
———————————————————————————————————-
Contacto Profissional
WHATSAPP : +244 943065169
ajudem o canal a crescer
Banco Sol
IBAN .AO06 004400002659635010185
IBAN EUROPA – GR 390110490000004904994574
faca a sua (doação) para ajudar o canal
Link paypal

Apoie este canal para obter acesso aos seguintes benefícios:
n
Facebook Group Machine

28 thoughts on “jovem congolês morre misteriosamente no aeroporto 4 de fevereiro, o caso do jovem matondo”

  1. Fazem cuidado com os venenos porque no Congo Democratico por causa de Rwandeses eles agora aprenderam a envenenar pessoas tipo brincadeira, o veneno deles esta andar em todo lado ate ja chegou no nosso pais. Aquele veneno pode fazer um dia no teu corpo a pessoa depois morre tambem tem de varios prazos de uma semana, um mes, ate um ano no corpo de uma pessoa, entao pessoal vamos fazer muitissimo cuidado as pessoas, nao comer a toa se te convidar num lugar nao come nem bebe la etc….

  2. Jovens vamos trabalhar por mais que custe essa propostas nunca acabam bem. Gostaria de saber que é essa moça Angolana que meteu ele nesta vida fácil que lhe custou a vida…. 🤬😡

  3. Mais da forma que lhe abriram a barriga meu Deus, nem lhe taparam aquilo é matar o outro pela décima vez, mais alguém que já tem uma vida estável vai fazer um trato de 1500.000.00$? Tenho dúvidas se ele tinha mesmo boa vida.

  4. Ephá eles contribuiram nas desgrassas dos outros que consumiram as drogas que lhes em riqueceu bem vindo ao paraíso se vocês entrarem, vida fácil vai nos levar longe.

  5. Não tem nada ver com a coca cola, o estômago tem um ácido que desfaz o plástico e pelo que acompanhamento nos programas Americano da protecção do aeroporto, isso tem tempo curto. Isso é perigoso não há dinheiro que é mais precioso que a vida. Vamos trabalhar duro

  6. Vamos lá…
    Matondo, era um jovem congolês com nacionalidade angolano, e foi pra Turquia com intenção de conseguir entrar na Grécia e posteriormente ir pra França ou Bélgica.
    Mas perdeu o foco e permaneceu na Turquia trabalhando mas, como jovem que era, aquilo de ir tchilar e vestir com amigos, viu que o seu salário não condizia com a vida desejada e então, logo entrou nesta vida de transportar dr0g@$.
    Começou como comissário, ele arruma pessoas pra transportarem isso de Angola pra Turquia e ganhava sua comissão. Mas a dada altura, ele também começou a ingerir esses produtos e transportar nesta mesma via.
    Moral da história, essa vida de imediatismo, de querer tudo pra hoje ou pra ontem como dizem os zucas, o levou a esse caminho.
    O trabalho dele anterior, que era legal e lícito, não podia bancar as suas "loucuras" de ir pra discoteca e pagar garrafas de champanhe 🍾🥂 e mulheres, dar festas em barcos no alto mar enfim, roupas de marcas e viagens pra Dubai.
    Lição: Trabalhe duro, não importa o work mas, desde que seja legal e lícito, trabalhe. Deus abençoará o fruto das suas mãos e comerás e beberás (viverás) o melhor desta terra.

    Pra melhor entender esta história, aconselho irem pra canais congoleses e lá estarão por dentro de tudo.
    A não entendo lingala, ative a tradução automática do YouTube nos comentários e conseguirão entender alguma coisa, pq muitos comentam em francês ou misturam lingala com francês.

    Abraços, Deus abençoe 🙌🏾🔥.

  7. ANGOLANO SURPREENDIDO EM MAPUTO COM 38 CÁPSULAS DE COCAÍNA NO ESTÔMAGO

    Um cidadão de nacionalidade angolana foi surpreendido pelas autoridades, no Aeroporto Internacional de Maputo, momentos depois do desembarque com trinta e oito cápsulas de cocaína escondidas no estômago.

    O homem de 37 anos de idade preferiu não falar nada aos jornalistas, limitando-se ao silêncio perante questões de insistência.

    O Serviço Nacional de Investigação Criminal explica que o detido vinha de São Paulo, tendo feito escala no Qatar. Durante a noite de ontem expeliu a primeira quantidade de cocaína e o remanescente na manhã desta sexta-feira.

    O Serviço Nacional de Investigação Criminal continua a trabalhar no caso para saber essencialmente qual era o destino da encomenda que estava guardada no estômago humano.

  8. Neste festa os gastos eram só 1.000 dólares o congolês aceitou trabalhar por alguém como mula duvido por 1.000 dólares que ele pode fazer em ser guia de 5 pessoas nunca ainda acho que o negócio eram deles mais foi mal embalado depois de uma noite de bebidas espumantes não tem estômago que aguenta. Ouvi cápsulas que estourar no organismo aí começou as aceleramentos cardíaco.
    Se ver as fotografias ele ainda foi reanimado com oxigénio e massagem cardíaco começa a ver bem mano.
    Mano ele mesmo procurou já costuma a passar naquele dia não deu certo agora a polícia vai trabalhar mais.

Comments are closed.